Sobre ser professor

Sobre ser #professor.

Coisas que a graduação não ensina:

– seus pés irão doer muito. Suas mãos serão muito secas. Você irá se cansar da sua voz.

– você vai acordar (muito) cedo e dormir tarde.

– você vai dar aula em mais de uma escola e dirigir muito.

– algumas salas serão silenciosas, outras salas, falantes.

– alguns alunos gostarão de você, outros não.

– alguns alunos gostarão da sua aula, outros não.

– alguns alunos gostarão da sua matéria. outros não (e está tudo bem, mesmo!).

– quando você estiver fora do ambiente escolar, alguém vai dizer "oi professor" e você não vai lembrar de onde e quando deu aula para esse aluno.

– algumas aulas vão levar muito mais tempo do que você havia planejado. Outras irão acabar muito antes do previsto (e você vai precisar de uma carta na manga, acredite).

– faringite e dor nas costas poderão ser seus pesadelos. Trânsito e cronograma atrasado também.

– o reconhecimento pode nunca vir, mas ele também pode vir em um sorriso, recadinho, bombom, origami, brigadeiro, fatia de bolo, pipoca, presente ou um sincero "obrigado".

– algumas vezes, você pensará "que droga de aula que eu dei hoje", outros dias "caramba, que aula sensacional".

– sua fala e atitude irão influenciar seu aluno.

– você vai contar coisas da sua vida pessoal em sala de aula.

– você vai torcer (muito) pelo sucesso dos seus alunos.

– você vai errar e acertar também.

– você vai aprender (muito).

– você não vai saber responder a todas as dúvidas.

– você vai explicar um mesmo assunto de formas diferentes.

– você vai estudar para sempre.

– e em uma bela noite de sexta-feira, você vai pensar "eu amo ser professor"

(Autor desconhecido)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *